Taxa de sucesso dos implantes dentários: tudo o que precisa de saber

Conheça os principais fatores que determinam a impressionante taxa de sucesso de um implante dentário, com destaque para a sua durabilidade e superioridade como opção para substituir dentes em falta. Este breve guia debruça-se sobre a importância da experiência profissional, a conceção dos implantes e o papel vital de uma boa higiene oral para garantir a sua longevidade. Saiba mais e tome decisões informadas sobre a colocação de implantes dentários, uma solução de confiança para lhe devolver o sorriso e a saúde da sua boca.

Play Video about Success rate implants

Índice

Introdução: porque é que a taxa de sucesso dos implantes dentários é vital para a sua saúde oral

Os implantes dentários têm-se confirmado cada vez mais como uma excelente solução para as pessoas com falta de dentes, com uma taxa de sucesso impressionante, que frequentemente ultrapassa os 95%. Não obstante, por melhores que sejam estes números, é essencial conhecer os principais fatores responsáveis pela longevidade dos implantes e a minimizar as complicações. Neste guia, partilhamos consigo uma análise detalhada dos fatores que afetam a taxa de sucesso dos implantes dentários, com ênfase nos dados científicos e na investigação.

Implantes dentários: um passo além dos tratamentos convencionais

Os implantes dentários já demonstraram ser a mais eficaz das opções para substituir dentes, como as pontes dentárias e a prótese parcial removível, dado que são criados para combinar na perfeição com os dentes naturais, dos quais são indistinguíveis, tanto visualmente como nas sensações que proporcionam. Além das vantagens estéticas, os implantes de titânio são robustos, duráveis e hipoalergénicos, elementos determinantes para a sua taxa de sucesso superior à das alternativas.

Taxa de sobrevivência de implantes dentários
close-up-importante

Motivos para a elevada taxa de sucesso dos implantes dentários

A grande taxa de sucesso dos implantes dentários torna-os a escolha de eleição para a substituição de dentes em falta. Adicionalmente, a investigação já demonstrou que bons cuidados dentários e higiene oral conduzem, com elevada probabilidade, ao sucesso a longo prazo dos implantes dentários, permitindo-lhes durar muitos anos.

Principais fatores responsáveis pela elevada taxa de sucesso dos implantes

São vários os fatores que contribuem para o sucesso dos implantes dentários, como o seu tamanho, onde são colocados, os tipos de implantes utilizados e as necessidades do paciente. Os implantes osseointegrados são vistos como a abordagem de referência pela medicina dentária atual, graças à sua grande durabilidade e taxa de sucesso. Isto deve-se ao facto de os implantes dentários osseointegrados, fundidos diretamente no osso, demonstrarem, em geral, ser mais estáveis do que os implantes fibrointegrados, nome dado aos implantes rodeados por uma camada de tecido conjuntivo fibroso que os separa do osso.

Ao mesmo tempo, também os materiais assumem grande importância: a investigação veio confirmar que os implantes de titânio são extremamente duráveis, permitindo assim prolongar a vida útil das próteses dentárias. Adicionalmente, estes implantes não costumam provocar qualquer resposta imunitária e fixam-se bem ao osso humano. No entanto, para as pessoas que possam ter de optar por um material diferente, devido, por exemplo, a alergias, existem alternativas ao titânio, como é o caso da zircónia.

Dimensões dos implantes: a importância do seu comprimento e diâmetro

As dimensões do implante, em especial o seu comprimento e diâmetro, são essenciais para o seu sucesso a longo prazo. Assegurar que o implante dentário se adapta perfeitamente à estrutura anatómica do paciente diminui o risco de insucesso.

Precisão cirúrgica: a importância de um posicionamento exato

A precisão do posicionamento do implante no maxilar é um fator determinante para o seu sucesso a longo prazo. Um implante mal posicionado pode dar origem a várias complicações, como a perda do implante e taxas de insucesso mais elevadas. Assim, é crucial optar por um profissional de medicina fortemente especializado em implantologia dentária, precisamente porque a colocação correta do implante é fundamental para reduzir o risco de o perder.

Este é o principal motivo pelo qual a Smile24h lhe recomenda sempre que opte por uma das nossas Clínicas Especializadas Smile24h, onde médicos dentistas com certificação ZAGA, todos eles especialistas em implantologia avançada, responderão às suas necessidades concretas e criarão soluções personalizadas para lhe proporcionar os melhores resultados, sempre em linha com o conceito ZAGA e a sua abordagem de “o paciente em primeiro lugar”.

Fatores de risco para complicações após implante dentário

Apesar da elevada taxa de sucesso das próteses fixas, podem ocorrer situações de insucesso do implante dentário, devido a fatores de risco específicos. Entre as principais causas, encontra-se uma higiene oral insuficiente, o tabagismo e a existência de condições clínicas como doenças das gengivas e situações de perda óssea.

As doenças periodontais são outro fator de risco significativo, capaz de impactar negativamente a taxa de sucesso dos implantes dentários. Esta condição pode originar inchaço e infeções na zona do implante, motivo comum para a sua falha.

Neste artigo, poderá saber mais sobre como prevenir os riscos de complicações após implante dentário.

Higiene oral - a base do sucesso de um implante a longo prazo

Manter uma boa higiene oral é fundamental para o sucesso dos implantes dentários a longo prazo. É importante que o paciente cuide corretamente da sua boca, mesmo antes do procedimento de colocação do implante, já que uma saúde oral deficiente pode ter um impacto negativo considerável no sucesso da cirurgia. Após a colocação do implante, é essencial visitar o dentista regularmente para prevenir infeções e manter sob controlo qualquer condição das gengivas que possa existir próximo do local do implante.

efeitos secundários dos implantes dentários
dentista-com-paciente5

Perguntas frequentes sobre sucesso e insucesso de implantes dentários

Que fatores afetam a taxa de sucesso dos implantes dentários?

Em geral, os implantes dentários têm boas taxas de sucesso. No entanto, o resultado pode variar em função de múltiplos fatores, como o tipo de implante utilizado e a perícia do dentista responsável pelo procedimento.

Acresce que a saúde do paciente em geral também pode influenciar a taxa de sucesso dos implantes dentários. Algumas condições preexistentes, como diabetes e problemas periodontais, podem desempenhar um papel significativo no processo de cicatrização e na taxa de sucesso do implante. Mais, existem estudos que vieram mostrar que certos aspetos do estilo de vida do paciente, como fumar, podem levar a um maior risco de insucesso do implante dentário.

Os implantes dentários podem durar toda a vida?

Se forem bem cuidados, os implantes dentários têm, em geral, uma vida útil longa, muitas vezes de várias décadas. No entanto, tal como os dentes naturais, os implantes dentários não são indestrutíveis. O desgaste, uma higiene oral deficiente e alguns hábitos, como ranger os dentes, podem afetar significativamente a longevidade dos seus implantes.

Uma higiene oral cuidada, com escovagens regulares e utilização de fio dental e elixir bucal, é indispensável para prolongar a vida dos implantes. Adicionalmente, a realização de check-ups e limpezas dentárias regulares ajudará à deteção e prevenção precoce de potenciais problemas, assegurando que os implantes duram o máximo de tempo possível.

Qual é a taxa de insucesso dos implantes dentários?

Apesar da elevada taxa de sucesso dos implantes dentários, a falha de um implante não é impossível, com a taxa de insucesso dos implantes dentários a variar de paciente para paciente.

Este insucesso pode ser influenciado por vários fatores, com múltiplos estudos clínicos a destacarem os fatores que acabámos de referir, como o tabaco, higiene oral deficiente ou uma técnica cirúrgica incorreta.

É possível substituir implantes dentários que tenham falhado?

É frequentemente possível substituir implantes que falharam. No entanto, o novo procedimento poderá requerer passos adicionais.

Entre estas novas etapas, poderão estar enxertos ósseos, de modo a garantir a fixação do implante. O seu dentista examinará cuidadosamente a origem do problema para evitar que volte a acontecer. No caso de vários implantes falhados, o recurso a implantes zigomáticos poderá ser uma possibilidade de restauro sem necessidade de enxerto ósseo. Estes implantes são fixados ao osso mais denso do maxilar, capaz de proporcionar a estabilidade necessária para a integração do implante e um correto suporte da prótese dentária fixa. Os implantes zigomáticos são normalmente considerados um último recurso, escolhido apenas quando os outros métodos não são viáveis.

Qualquer pessoa pode ter implantes dentários?

Existem implantes dentários de diferentes tipos e tamanhos, e a maioria das pessoas é elegível para os colocar. No entanto, algumas condições e fatores de risco podem impedir algumas pessoas de os receber de imediato. Nesses casos, podem ser necessários tratamentos preliminares, como o controlo da doença periodontal ou o enxerto ósseo.

Qual é a sensação de ter um implante dentário?

O implante dentário propriamente dito, um parafuso metálico embutido no maxilar, não se sente diretamente, uma vez que se encontra por baixo das gengivas e serve para fixar firmemente a prótese dentária. Embora os implantes não possuam terminações nervosas e não transmitam sensações como os dentes naturais, os tecidos gengivais e a estrutura óssea circundante conseguem transmitir a sensação de pressão ao mastigar, fazendo com que sinta os implantes integrados e naturais.

As próteses dentárias ligadas a estes implantes são concebidas para emular a aparência e a função dos dentes naturais. Assim que o implante e a estrutura protética tiverem assentado e cicatrizado, deverão parecer-lhe confortáveis e naturais. Por conseguinte, após o período de adaptação, a maioria das pessoas considera os implantes dentários tão confortáveis como os dentes naturais, o que lhes permite uma função normal, sem desconforto.

Em suma: o seu roteiro para um implante dentário bem sucedido

Os implantes dentários são uma solução fiável e duradoura para quem tem falta de dentes. A investigação não deixa lugar a dúvidas quanto às suas elevadas taxas de sucesso e sobrevivência, mas é crucial compreender os fatores que as influenciam. Entre estes, contam-se o tipo de sistema de implante e a técnica cirúrgica utilizada, assim como os cuidados e manutenção pós-operatórios necessários.

Os melhores resultados não dependem apenas do procedimento em si, mas também de cuidar da sua saúde oral antes e depois do tratamento, de fazer escolhas saudáveis e de ter um dentista competente. Estar bem informado pode aumentar significativamente as probabilidades de os seus implantes dentários lhe prestarem bons serviços durante muitos anos.

Considere todos os fatores para decidir se os implantes dentários são adequados para si. O principal objetivo será sempre ter de volta o seu sorriso e função dentária a longo prazo, e compreender os implantes dentários pode ser muito importante para alcançar esse objetivo.

Bibliografia

  1. Smith, D.E., & Zarb, G.A.,“Criteria for success of osseointegrated endosseous implants“, 1989.
    Resumo: este estudo apresenta os critérios necessários para a aplicação bem sucedida de implantes osseointegrados em tratamentos dentários.
  2. Albrektsson, T., Zarb, G., Worthington, P., & Eriksson, A. R.,“The long-term efficacy of currently used dental implants: a review and proposed criteria of success“, 1986.
    Resumo: este estudo propõe novos critérios para avaliar o sucesso dos implantes dentários a longo prazo.
  3. Esposito, M., Hirsch, J. M., Lekholm, U., & Thomsen, P., “Biological factors contributing to failures of osseointegrated oral implants. (I). Success criteria“, 1998.
    Resumo: este artigo aborda os fatores biológicos passíveis de afetar o sucesso dos implantes dentários osseointegrados e determina critérios de avaliação do seu sucesso.
Imagem de idosa em consulta dentária

Também poderá querer saber mais sobre: